Seja Digital participa da Expoevangélica, no Centro de Eventos

Seg, 10 de Julho de 2017 12:50   

Durante o evento, a população poderá se informar sobre o desligamento do sinal analógico de TV e verificar se tem direito ao kit gratuito

A Seja Digital, entidade responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico de televisão para o digital, firmou uma parceria com a Expoevangélica. De 05 a 08 de julho, das 14h às 22h, no Centro de Eventos, os visitantes  poderão se informar sobre o desligamento do sinal analógico de TV, verificar se têm direito a receber o kit gratuito que está sendo distribuído pela Seja Digital, e realizar o agendamento para retirada dos equipamentos em um dos 40 pontos de distribuição. Mais de 770 mil kits serão distribuídos nas regiões de Fortaleza, Juazeiro do Norte e Sobral. 

“É importante a população verificar se tem direito ao kit gratuito. Como são mais de 20 programas sociais do governo federal, muitas vezes a pessoa não sabe se está inscrita em algum projeto”, comenta a gerente regional da Seja Digital, Vejuse Oliveira.
Para saber se tem direito ao kit, a população deve ligar gratuitamente para o número 147 com NIS (Número de Identificação Social) em mãos ou acessar o portal sejadigital.com.br/kit.

No dia 27 de Setembro  de 2017, o sinal analógico de televisão será desligado em Fortaleza e em mais 23 municípios do Ceará: Aquiraz, Barbalha, Beberibe, Caririaçu, Cascavel, Caucaia, Crato, Eusébio, Forquilha, Guaiuba, Horizonte, Itaitinga, Juazeiro do Norte, Maracanau, Maranguape, Massapê, Missão Velha, Pacajus, Pacatuba, Pindoretama, Santana do Acaraú, São Gonçalo do Amarante e Sobral.A programação dos canais abertos de televisão será transmitida apenas pelo sinal digital. Para continuar assistindo à programação, todas as residências da região precisam ter uma antena digital e um aparelho de televisão preparado para receber o sinal digital.
 

Sobre a Seja Digital
A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.