Exposição interativa sobre a história da TV brasileira chega a Fortaleza

Sex, 28 de Julho de 2017 00:00   
A Vila Digital é um espaço aberto ao público que conta a evolução da televisão no Brasil, do preto e branco à era da interatividade
 
A Seja Digital, entidade não governamental responsável pelo processo de migração do sinal de TV no Brasil, inaugura no sábado, 29/07, a “Vila Digital”. No espaço, localizado no Centro Cultural Banco do Nordeste, os visitantes viajarão no tempo, desde o início da TV brasileira, com transmissões em preto e branco, até os dias de hoje, com a qualidade de som e imagem da TV digital. Além da exposição, que acontece de 29/07 a 02/09, a Vila Digital também conta com um ambiente interativo que oferece atividades, experiências e jogos para todas as idades.
 
A iniciativa, com curadoria da PRÓ-TV, faz parte do trabalho desenvolvido pela Seja Digital para informar e conscientizar a população da região sobre o desligamento do sinal analógico de TV, que ocorre no dia 27 de setembro em Fortaleza e em outras 14 cidades em seu entorno. Após essa data, o sinal digital será a única forma de assistir à programação da TV aberta nessas localidades.
 
Logo na entrada da exposição, aparelhos de televisão antigos remontam cada uma das décadas desde a primeira transmissão televisiva no Brasil. Ali, é possível assistir aos comerciais dos anos 50, aos musicais e auditórios dos anos 60, aos programas de humor dos anos 70, aos clássicos infantis dos anos 80, aos flashes esportivos dos anos 90 e às cenas da dramaturgia dos anos 2000.
 
Entre as atividades interativas, características da era da TV digital, a exposição oferece um espaço para tirar fotos com montagens digitais de artistas e simular a apresentação de um programa no estúdio de TV. Quem tiver coragem, pode se arriscar no “Você é o show”. Diante de uma câmera, o visitante se torna cantor de reality show para os amigos. É só sacar o smartphone e compartilhar nas redes sociais o que estiver vendo e vivendo.
 
A última estação da Vila mostra que o futuro já chegou. É a convergência digital. Hoje, o mundo está conectado e na palma da nossa mão. O desligamento do sinal analógico de TV permitirá a expansão do sinal 4G em 700 MHz, uma das tecnologias mais avançadas do mundo, que permite a celulares, smartphones, laptops e tablets acessarem à internet com velocidades muito mais rápidas, principalmente em ambientes fechados. As pessoas e as cidades estarão ainda mais conectadas.


Vila Digital:
Local: Centro Cultural Banco do Nordeste
De 29/07 a 02/09. Terça a sábado das 10h às 19h
Endereço: Rua Conde D'Eu, 560 Centro - Fortaleza
Entrada franca
 
 
Sobre o CCBNB Fortaleza

Inaugurado em julho de 1998, o Centro Cultural Banco do Nordeste Fortaleza (CCBNB Fortaleza) já se firmou no cenário cultural da Região Nordeste. O equipamento trata a cultura como elemento de integração para o desenvolvimento e estabelece pontes entre os vários saberes. É também um espaço onde se permite experimentar a diversidade de conceitos e estilos por meio de uma programação gratuita e de qualidade. Mantendo sempre diálogo com a cidade, o Centro conta com uma programação voltada para artes cênicas, cinema, exposições, oficinas, seminários, música e programação educativa para todas as idades. É um lugar de encontro de vários públicos, que podem refletir livremente sobre a nossa cultura, em uma constante interlocução com produtores, artistas, instituições de arte e educação nos seus mais diversos âmbitos.
 Sobre a Seja Digital
A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.
Assessoria de Imprensa - VSM Comunicação (85) 3456-6100
Gabriel Comesaña: (85) 99953-6330
Ingrid Azevedo: (85) 98859-1274
Pollyana Rocha: (85) 99747-3602
Carol Saraiva: (85) 98861-9161